Fale com o Planeta Sercomtel
Fechar
segunda-feira, 22 de setembro de 2014 |
Página Inicial GASTRONOMIA
  • Voltar à Lista
  • Indique para um Amigo
    • Fechar
  • Aumentar Texto
  • Diminuir Texto
  • RSS Feed

Restaurante com cara de sítio oferece a típica comida caseira

03/02/2010

Restaurante com cara de sítio oferece a típica comida caseira

Foto: Divulgação
Pesqueiro e Restaurante Bom Peixe
Endereço: Rodovia Carlos João Strass, Km 9, entre o Heimtal e a Warta, a 11 km de Londrina
Telefone: 3326-4703
Horário de atendimento: de quarta a domingo das 8h às 20h
Aceita os cartões Visa, Master e Hipercard
Ar-condicionado: não
Estacionamento: sim
Acesso para deficientes: sim, rampa na entrada e banheiro
Disk-entrega: não

A comida caseira nunca sai de moda, é sempre lembrada como a mais saborosa e associada ao clima afetivo em família. Mesmo com a infinidade de restaurantes que preparam receitas sofisticadas ou que apostam nos fast-foods, aqueles estabelecimentos que oferecem pratos semelhantes à comida da mamãe não perdem espaço.
    
O Bom Peixe é um desses, conta com um cardápio que ainda lembra comida de sítio. Também pudera, o menu combina perfeitamente com o local, que além de restaurante é um pesqueiro, localizado em uma grande propriedade, cheia de verde, ar puro e lagoas. 
 
Dentre os clássicos da comida caseira oferecidos pelo estabelecimento está o frango caipira com polenta. “É o caipira legítimo, não é esse de granja. É o de sítio criado solto”, explica a gerente administrativa da casa Carla Macedo Clivati, que acrescenta que a iguaria é preparada especialmente pela avó dela, Aurélia Clivati.

Outras especialidades do estabelecimento honram o nome do lugar: o filé de tilápia e o peixe na telha. O primeiro é empanado em farinha especial e frito; o outro é preparado com o mesmo peixe e assado em forno a lenha.

Há aproximadamente 14 anos o Bom Peixe começou como pesque-pague e alguns anos depois, por conta dos pedidos da clientela, foi criado o restaurante. No início o forte eram as porções, mas o negócio foi crescendo e hoje a casa oferece um buffet no almoço de quarta a domingo. “No começo era só pescaria. Mas o pessoal costumava pedir para a minha avó fazer alguma coisa para eles comerem, aí resolvemos montar o restaurante”, conta a gerente.

Nos finais de semana há uma variedade maior de pratos, principalmente aos domingos. Nesse dia, além do frango caipira, outras receitas fazem a alegria de quem quer comer bem: lasanha, tutu de feijão, farofa, mandioca, banana frita, paleta de porco assada, quiabo refogado e mais de vinte tipos de salada. O valor do almoço é R$18,50 aos sábados e R$22 nos domingos e feriados com direito a servir-se à vontade. As sobremesas não fogem ao estilo caseiro, como abóbora, mamão, arroz doce e a famosa ambrosia, que estão inclusas no preço.

Durante a semana as opções de cardápio são mais reduzidas, entretanto, as especialidades feitas com peixe, saladas e sobremesas continuam no buffet. O preço é de R$13 por pessoa. 

O estabelecimento também oferece porções servidas à la carte. O sashimi, a costelinha de pacu e a tilápia são algumas opções. Quem quiser comer o peixe que pescou, a casa prepara a refeição.

Apesar de ser um pesqueiro tradicional, atualmente o lugar chama mais atenção pelo restaurante. Clivati comenta que pessoas de cidades próximas a Londrina, como Bela Vista, Sertanópolis e Cambé, costumam frequentar o local para saborear a comida. Outras vão até lá buscando sair da rotina. “Tem um pessoal que vem de manhã e fica pescando, depois vem almoçar e aí volta a pescar”, diz ela.

Texto: Máxima Comunicação/ Heloísa Pedrosa
Contatos com a redação do Planeta Londrina podem ser feitos pelo fone 3339-7199

Portabilidade Numérica

SERCOMTEL INTERNET. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS